Para ir além...

 

Preparamos algumas sugestões de atividades, para serem trabalhadas com as crianças, de forma que elas possam ir além do livro, na imaginação e na busca de conhecimentos.

Todo texto literário pode ser usado para ampliar o aprendizado de várias competências em Língua Portuguesa, como classes de palavras, acentuação, gramática, ortografia etc.

Ana Cristina Melo, por meio deste livro, resgata o antigo hábito de escrever cartas e até mesmo do prazer da escrita. Usando de criatividade, as crianças podem imaginar qual seria o conteúdo de uma das cartas recebidas, a que não foi encontrada pela família.

Texto e imagem se completam, oferecendo múltiplas leituras para o pequeno leitor.

Sugestão de atividade:

- Debate: Você já escreveu alguma carta? Para quem foi? Que outros meios de comunicação podemos usar com o mesmo propósito de uma carta?

- Atividade: Crie, em sala, um sistema de correios. Produza uma caixa onde cada aluno colocará as suas cartas. Eleja um carteiro para conferir as cartas que existem, e distribuir para os alunos, no final da aula. A comunicação também pode ser entre turmas. Incentive os alunos a escrever cartas uns para os outros, durante uma semana. Os alunos podem, ainda, criar selos personalizados.

Peça aos alunos para escreverem cartas para seus familiares.

Ana Cristina Melo brinca com a tradicional história de Chapeuzinho Vermelho, oferecendo aos leitores a possibilidade de imaginar diversos caminhos para a mesma narrativa. De outro lado, Fabio Maciel constrói uma narrativa rica, utilizando a técnica de colagem em suas ilustrações. O leitor é convidado a utilizar materiais recicláveis e descobrir o artista que tem dentro de si.

Sugestão de atividade:

- Debate: De que outras formas podemos achar alguém que não vemos há muito tempo? Ou que meios podemos usar para achar o endereço de uma empresa? E se soubermos o endereço físico de alguém ou de alguma empresa, como podemos descobrir a melhor forma de chegar a esse endereço? Você usa a Internet para buscar informações? Você já utilizou Google Maps?

- Atividade: Peça aos alunos para construir mapas de como chegar à casa deles, para ajudar um colega que vem de outro bairro. Ajude-os a identificar pontos de referência, como viadutos, supermercados, shoppings, etc. Escolha livrarias, museus, salas de cinema ou teatros, e peça aos alunos para pesquisar na Internet o endereço desses locais, os mapas, e trazer para mostrar aos colegas.

Marcio Mac Cord apresenta, ao final do livro, seu método para ensinar crianças e adultos a tocar sua primeira música, numa flauta doce.

Além do lado lúdico da história, o livro também pode ser usado como apoio nas aulas de música.

Sugestão de atividade:

- Debate: "Não tinha casa de tijolo, celular, nem avião". Será que todas as casas são iguais? Vocês já ouviram falar em palafitas, ocas, casas de pau a pique, casas de alvenaria? Quais objetos de hoje em dia não existiam antigamente? Como será que as pessoas executavam as mesmas tarefas antigamente, sem o uso de objetos modernos?

- Atividade: Peça aos alunos para pesquisar e construir cartazes ou maquetes de tipos diferentes de casas. Peça aos alunos para relacionar objetos atuais e pesquisar como as pessoas realizam as mesmas tarefas, antigamente.

O livro é uma ótima oportunidade para mostrar a importância dos esportes, principalmente considerando que as Olimpíadas de 2016 foram realizadas no Rio de Janeiro. De outro lado, as ilustrações de André Flauzino convidam os pequenos leitores a descobrir as múltiplas leituras na narrativa visual.

Sugestão de atividade:

- Debate: Você sabe onde e por que as Olimpíadas foram criadas?

- Atividade: Peça aos alunos para pesquisar a origem das Olimpíadas, cinco modalidades e o que eles entendem por espírito olímpico.

Peça aos alunos para pesquisar quais foram os países que sediaram as Olimpíadas, nos últimos 24 anos. E marcar num mapa mundi, onde ficam esses países.

Além de permitir que as crianças brinquem com as palavras, construindo e descontruindo significados, Sandra Ronca faz uso de diversas técnicas, cirandando entre aquarela, acrílica, guache, giz a óleo, pastel e colagens, permitindo um contato amplo das crianças com várias formas de arte.

© 2015 Editora Bambolê & Livraria Bambolê

Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1072 loja 2 - Copacabana - Rio de Janeiro/RJ 

Tel: (21) 3490-1054

Criado com Wix.com